São João exige decoração segura e distante da rede elétrica

A Celpe lembra que não se pode utilizar postes nem fios elétricos para instalação de bandeirinhas e enfeites, bem como não se deve soltar fogos em direção à fiação


Com a proximidade dos festejos juninos, os cuidados com a rede elétrica devem ser redobrados. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta para os riscos envolvendo energia elétrica desde a instalação da decoração nas casas e nas ruas até a realização de comemorações no período do São João.

Manter distância de fios elétricos e não soltar fogos de artifício na direção de postes e condutores de energia são cuidados indispensáveis. Da mesma forma, as fogueiras somente devem ser montadas e acesas longe da rede de distribuição de energia. O calor pode provocar curtos-circuitos e partir a fiação.

A decoração de ruas e praças também exige atenção. A Celpe adverte para que nunca se utilize postes ou fios elétricos na instalação das tradicionais bandeirinhas ou qualquer outro enfeite. Mesmo pendurados distante dos fios elétricos, a recomendação da Celpe é que os adereços sejam confeccionados com materiais isolantes para evitar que conduzam energia, em eventual contato com a rede.

A Celpe ressalta que ligações provisórias de energia para arraiais, barracas de comidas típicas e de fogos de artifícios apenas podem ser executadas por profissionais da concessionária. Ligações clandestinas, além de colocar em risco a vida de pessoas e prejudicar o fornecimento, é crime previsto no Código Penal Brasileiro.

A montagem e instalação de barraquinhas, camarotes, arquibancadas e palcos deve respeitar a distância de segurança da rede elétrica. Para esses tipos de estruturas metálicas são exigidos aterramentos elétricos. A recomendação é que esses serviços somente sejam executados por empresas habilitadas.

Outro alerta da Celpe é contra o perigo de soltar balões. A brincadeira pode provocar incêndios ou acidentes graves se os balões caírem sobre redes de distribuição elétrica ou ainda sobre subestações de energia.

Nas residências, a Celpe também aponta cuidados. É sempre necessário evitar o uso de extensões e benjamins de forma permanente. Nunca se deve manusear equipamentos eletroeletrônicos como aparelhos de som, freezers ou geladeiras com o corpo molhado. A Celpe ressalta que todos esses equipamentos precisam estar devidamente aterrados.

Ainda dentro de casa, é importante respeitar os pontos de contato com a energia. Os bocais de lâmpadas, por exemplo, jamais devem ser utilizados como suporte para pendurar enfeites como balões e bandeiras. Além de choques elétricos, essa prática pode provocar incêndios.

Dicas de segurança

ü  Não solte fogos ou acenda fogueiras próximo à rede elétrica;

ü  Cuidado ao pendurar as bandeirinhas na rua. Elas devem ficar distantes da fiação;

ü  Ligação clandestina é crime e coloca a vida de pessoas em perigo;

ü  Não monte arraiais próximo à rede de energia;

ü  Ligações provisórias para o São João devem ser solicitadas à Celpe.

ü  Não solte balões. Eles podem causar graves acidentes se atingirem a rede elétrica ou subestações;

ü  Estruturas metálicas devem estar devidamente aterradas;

ü  Nunca manuseie equipamentos eletroeletrônicos com o corpo molhado;

Sobre a Celpe

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa do Grupo Neoenergia, distribui energia elétrica para os 184 municípios de Pernambuco e para a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba. Também é responsável pela geração e distribuição de energia elétrica no Arquipélago de Fernando de Noronha. Sua área de concessão é de 98,5 mil quilômetros quadrados. A empresa tem 3,7 milhões de clientes.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade