TCE julga irregular Gestão Fiscal de Bom Jardim


A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE) julgou irregular a Gestão Fiscal do ano de 2016 da Prefeitura de Bom Jardim, no agreste do estado. O julgamento ocorreu nesta terça (09).

A decisão foi emitida de forma unânime, pelos conselheiros da corte, tendo o Conselheiro, Dirceu Rodolfo, como relator do processo.

Os conselheiros ainda multaram o ex-prefeito, Miguel Barbosa (PP), que na época era o gestor da cidade.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade