Saúde de Carpina foi tema de Live realizada por Joaquim Lapa e Diogo Prado


Na noite desta quarta-feira (11), os candidatos a prefeito, Joaquim Lapa (PTB) e a vice, Diogo Prado (PSC), realizaram mais uma Live, para tratar sobre as propostas do Plano de Governo. Desta vez, o tema foi Saúde.

Joaquim comentou de início, a polêmica que sempre envolve seu nome, em relação ao fechamento da Unidade Mista quando ele foi prefeito, explicando que na ocasião, o local precisou ser fechado por dois meses para reforma, onde inclusive foi construído mais um bloco cirúrgico, e durante esse período de obras, os atendimentos foram realocados para as Clínicas. Ele também aproveitou pra trazer relatos de problemas ocorridos no município.

“Hoje aqui mesmo, recebi um cidadão que veio reclamar, que a neta dele foi no Posto de Saúde, porque o problema atual não é só a Unidade Mista não, tem muitos postos aí sem remédios, e ele disse que a neta dele foi para o Posto de Saúde do Bairro Novo, a semana passada e lá medicaram ela, aplicaram uma injeção numa criança de 6 meses. Então houve aquele problema, a menina ficou passando mal e chegou outro acadêmico lá e aplicou outra injeção. Ele viu que a menina tava pra morrer e quando viu isso, desapareceu o responsável pelas aplicações e o cidadão teve que levar pra Nazaré da Mata. E lá foi que o médico disse, ‘olhe, não mataram sua neta foi por pouco’. Pra você vê, a irresponsabilidade. Tem outra história aqui da Unidade Mista, que tem uma ação na Justiça, de indenização. Acontece essas coisas nas gestões de Manuel Botafogo. Teve uma moça que levou o filho dela, que mora ali na popular “rua da lama”, e a a criança chegou a ir pra Unidade Mista, e lá o médico disse ‘olhe, isso aqui é uma virose’. E levaram o garotinho pra casa. Voltaram no outro dia relatando que continuava com febre e foram tratados mal, ‘Eu já disse que era uma virose’. No terceiro dia, foram para o Hospital do Recife e era dengue hemorrágica, e infelizmente morreu. Eu encontrei com a mãe numa audiência e ela me disse ‘O que tá me indignando, sabe o que é? É que a irmã do prefeito, a Judite disse pra não me incomodar, que o meu filho teria um enterro digno’. Isso é uma piada”, relatou Joaquim, de forma indignada.

Os candidatos também comentaram sobre outros problemas que a cidade apresenta, como a dificuldade das pessoas que batalham contra o câncer, as pessoas que saem cedo da cidade para realizarem exames no Recife e o cuidado que a gestão pretende ter com a saúde feminina, com a construção da Policlínica da Mulher Carpinense, no local do prédio da antiga Nova Veículos.

A Live teve pouco mais de 40 minutos de duração e está disponível nas redes sociais dos candidatos.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade