Presidente do PROS ingressa com ação pública pedindo anulação da prestação de contas de Joaquim Lapa


julioO presidente do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Júlio Cesar, ingressou com uma ação popular contra a Câmara de Vereadores da cidade do Carpina e contra o ex-prefeito do município, Joaquim Lapa (PTB), solicitando a anulação de uma sessão ordinária, realizada pela casa, na qual foi reavaliada a prestação de contas do exercício financeiro do ano de 2003, no qual o ex-gestor era o ordenador de despesas.

O processo tramita na 2ª Vara Cível da Comarca do Carpina.

Júlio alega que a câmara já teria dado o seu veredito sobre a prestação de contas, em dezembro de 2013, quando 7 vereadores votaram favoráveis ao parecer, emitido pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE), 6 foram contrários e dois parlamentares se abstiveram de votar.

Cesar diz que na reavaliação, ocorrida em setembro de 2015, o ex-prefeito teria solicitado que a prestação fosse votada de novo, no plenário, mas após a demora e ter seu pedido atendido pelo legislativo o próprio Joaquim teria pedido a retirada de seu pedido da casa.

Na peça consta que o presidente da Comissão de Legislação de Justiça da casa, o vereador Jorginho Lapa (PTN), sobrinho de Joaquim, teria dado o parecer da comissão favorável à aprovação das contas. Na votação, ocorrida em setembro passado, os vereadores, de forma unanime, aprovaram a prestação de contas do exercício financeiro de 2003.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade