Parlamentares visitam Usina Pumaty na Mata Sul do Estado


42306aDepois de dois anos fechada, a Usina Pumaty, localizada no município de Joaquim Nabuco, na Zona da Mata Sul, tem se destacado como a segunda de maior rendimento do Estado, de acordo com o Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Pernambuco (Sindaçúcar). A unidade, que voltou a funcionar em setembro de 2014, já moeu 500 mil toneladas de cana de açúcar de novembro do ano passado a maio deste ano. Nesta sexta (8), uma comitiva da Alepe esteve no local para conhecer as instalações do empreendimento e dialogar sobre uma aproximação entre a indústria sucroalcooleira e o poder público.

Arrendada pela Cooperativa de Fornecedores de Cana (Agrocan), Pumaty beneficia cerca de 1,2 mil fornecedores ativos, dos quais 98% são pequenos produtores. O faturamento da última safra foi de mais de R$ 40 milhões. Segundo o diretor da usina, Gerson Carneiro Leão, em pouco menos de um semestre, a unidade produziu em torno de 40 milhões de litros de etanol hidratado – utilizado como combustível. “O álcool sai daqui direto para os tanques dos carros. Já recolhemos R$ 8 milhões em ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) para Pernambuco”, observou, alertando, no entanto, para a necessidade de mais incentivos fiscais do Governo para o setor.

Ao longo da visita à usina, os parlamentares caminharam pelas instalações e puderam ficar por dentro do processo de moagem, além de ouvir as demandas apresentadas pela administração. Presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, o deputado Aluísio Lessa (PSB) disse que o processo de reabertura da unidade foi acompanhado desde o início pela gestão estadual. “O Governo entrou com um programa de doação de fertilizantes e herbicidas para os fornecedores de cana, e conseguimos um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério do Trabalho. Tudo isso para ajudar a Pumaty a voltar a moer”, destacou Lessa.

O presidente da Comissão de Agricultura, deputado Miguel Coelho (PSB), falou sobre os próximos passos a serem tomados para tentar atender as reivindicações do setor sucroalcooleiro. “Vamos agendar uma reunião com a Secretaria da Fazenda para tratar especificamente da questão do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços), pois tudo isso é investimento para o Estado.” O parlamentar ainda ressaltou que o sucesso do retorno da Usina Pumaty é importante para que esse modelo de negócio volte a ter credibilidade em Pernambuco.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade