Justiça Eleitoral nega seguimento de recurso especial de Doda Soares e Ricardo Godoi


O Desembargador e presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE), Agenor Ferreira de Lima Filho, negou o seguimento de um recurso especial impetrado pela chapa derrotada nas eleições de 2016, em Camutanga.

Doda Soares e Ricardo Godoi teria ingressado com recurso para excluir a pena-base do processo, já que a corte havia reduzido a pena dos acusados, que foram enquadrados nos crimes de compra de votos, ao longo do último pleito municipal.

O desembargador julgou, em sua decisão monocrática, como incabível o pedido, negando o seguimento do recurso.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade