Festas juninas movimentam unidades da Funase


O mês de junho é marcado pelas tradicionais festas de São João em Pernambuco. Na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), não está sendo diferente. Forró, comidas típicas e brincadeiras têm dado o tom das ações alusivas ao período nas unidades socioeducativas da Região Metropolitana do Recife, da Zona da Mata, do Agreste e do Sertão. Os momentos proporcionam o fortalecimento de laços entre socioeducandos, familiares, agentes socioeducativos e outros funcionários da instituição.

No Centro de Internação Provisória (Cenip) Caruaru, a tradição de plantar e colher o milho para a data comemorativa foi mantida. Neste ano, foram produzidas 150 espigas. Também foram colhidos 30 quilos de feijão verde e seis jerimuns. A festa junina foi realizada na quadra, contemplando dezenas de socioeducandos. Nessa unidade e na Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru, houve a presença de um trio pé de serra cedido pela prefeitura. Na maior unidade da Funase na Capital do Forró – o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru –, o arraial também aconteceu, mobilizando adolescentes e funcionários.

Em outro polo de festas juninas, duas unidades da Funase promoveram atividades. No Cenip Petrolina, a decoração com chapéus de palha e a música ao vivo divertiram os adolescentes atendidos no local. Na Casem Petrolina, mesa farta de comidas típicas. Já no Case/Cenip Arcoverde, também no Sertão, a festa teve percussão e um trio pé de serra. O destaque foi a recitação de poesias e a apresentação do Samba Coco Raízes. Os familiares dos socioeducandos também participaram do evento, realizado na quadra da unidade. Na Zona da Mata Norte, a Funase promoveu a alegria das festas juninas dentro das instalações do Case Timbaúba.

Nas unidades voltadas ao público feminino, o foco no lúdico foi um diferencial. As socioeducandas do Cenip Santa Luzia, por exemplo, apresentaram trabalhos escolares alusivos à data. No Case Santa Luzia, adolescentes e funcionários formaram pares para uma quadrilha junina. Na Casem Santa Luzia, a decoração primorosa, com direito a uma barraca do beijo, foi um elemento à parte.

Em outras unidades da Funase no Grande Recife, a programação contemplou a presença das famílias, como na Casem Casa Amarela, onde foi realizado um círculo de cuidados e, em seguida, uma confraternização ao som do Trio Forró Dabbia. No Case Abreu e Lima, as festas juninas tiveram pescaria e ciranda, e no Case Pirapama, houve um café da manhã junino. Ao longo da próxima semana, que terá como culminância o Dia de São Pedro, ainda haverá celebrações juninas com a participação de socioeducandos em mais unidades socioeducativas, como o Case Cabo de Santo Agostinho, a Casem Areias e o Case Petrolina.

SEDE – Na sexta-feira (21), gestores e outros funcionários da sede da Funase, situada no Recife, participaram de um café da manhã junino. Comidas típicas e forró animaram os colaboradores. No último dia 13, uma celebração ainda maior, com a participação de representantes do sistema socioeducativo de todo o Estado, já havia ocorrido, com a animação da Banda Sala de Reboco.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade