Pela quarta vez, Tota Barreto é preso

Tota foi preso em frente à Câmara, quando chegava para participar da sessão ordinária.


O vereador carpinense, Tota Barreto (PSB), foi preso, através de um mandado de prisão, quando chegava para participar da sessão ordinária da Câmara de Vereadores da cidade, na noite desta terça-feira (04).

O parlamentar estava inscrito para a tribuna, onde apresentaria o balanço de uma audiência pública onde foi debatido o piso salarial dos professores.

Barreto é um dos alvos da operação Caça-Fastama, que resultou na prisão de pessoas envolvidas em um esquema de empréstimos consignados a funcionários fantasmas, enquanto Tota presidiu a Câmara, no biênio 2013-2014.

Essa foi a quarta prisão contra Tota, decretada pela justiça.

Tota foi conduzido para o COTEL, em Abreu e Lima, onde ficará a disposição da justiça.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday