fenearteO encontro da lírica sertaneja com a arte do barro é a inspiração para o tema da XVI Feira Nacional de Negócios do Artesanato – Fenearte, que começa nesta quinta-feira, 02, e segue até o dia 12, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. Esta edição rende homenagens ao poeta popular Lourival Batista, imortalizado como Louro do Pajeú, e ao artesão Manoel Borges da Silva, lembrado como Mestre Nuca de Tracunhaém. Retratando a vida com linguagens distintas, suas trajetórias falam o idioma da alma e carregam o vigor da cultura pernambucana, seja no barro transformado em poesia ou na palavraesculpida em forma de repente.

Com investimento de R$ 5,5 milhões e expectativa de movimentação financeira superior a R$ 40 milhões, a Feira, considerada a maior do segmento na América Latina, espera atrair um público de 320 mil pessoas. Mais de 5 mil expositores, entre artesãos de Pernambuco, do Brasil e uma participação recorde de 51 países dividem cerca de 800 espaços, numa área de 29 mil m², no pavilhão do Centro de Convenções.

CONCEITO – A Fenearte, juntamente com o Centro de Artesanato de Pernambuco, entre outras iniciativas do Governo do Estado, tem como objetivo valorizar e difundir os saberes tradicionais, estimular o potencial de crescimento dos artesãos e artesãs, funcionando como importante elemento estruturador da cadeia produtiva do artesanato local.

“É na Fenearte que os artesãos têm contato direto com o público e são reconhecidos pela arte que desenvolvem. Nosso trabalho como Governo do Estado é fazer um evento melhor a cada ano e fomentar outras atividades para geração de oportunidades e renda para quem vive do artesanato”, afirma o diretor presidente da AD Diper, Jenner Guimarães.

REALIZAÇÃO – O evento é uma realização do Governo do Estado, através do Programa do Artesanato de Pernambuco (PAPE), da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (AD Diper) / Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDEC); da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur) / Secretaria Estadual de Turismo; da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) / Secretaria Estadual de Cultura e doRecife Convention&Visitors Bureau (RCVB). A Feira tem patrocínio do Bradesco, BNDES, Coca-Cola, Kibon, Grupo Cornélio Brennand, Vitarella, BNB e Caixa. Recebe apoio da Rede Globo Nordeste, Sebrae, Shopping Tacaruna, Agefepe, Copergás, Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), Grande Recife, Cipec e Secretaria da Micro e Pequena Empresa e Governo Federal.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade