Professores de Lagoa de Itaenga poderão deflagrar greve no município


camara_lagoa_itaengaO ano letivo da rede municipal de educação da cidade de Lagoa de Itaenga poderá ser paralisado pelos professores do município, que reivindicam do município que reincorpore percas salarias de dezembro. A categoria realiza, na manhã de hoje (04), uma assembleia para decidir que rumo tomar. O evento acontece na Câmara de Vereadores da cidade.

Na pauta de discussão da assembleia estão o Ingresso de um mandado de segurança por parte do SINPRO (Sindicato dos Professores) para desconto do percentual dos vencimentos dos professores; Aprovação do PCC; Criação de calendário para gozo de licença prêmio; Pagamento do piso de 11,36% a partir de janeiro de 2016; Ação coletiva pela perca dos professores que completaram 10 e 20 anos 1º e 2º decênio; Cumprimento dos requerimentos sobre das graduações e pós graduação; Incorporação dos vencimentos de polivalência; Reposição imediata da retirada do décimo, e Resposta da Secretaria de Educação sobre a escolha dos representantes do para fazer parte do Conselho do FUNDEB e Conselho Municipal de Educação (CME).

Segundo representantes do sindicato já houve negociações com o prefeito da cidade, Lamartine Mendes (PTB), mas o gestor alega falta de recursos para pagar os professores efetivos.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade