“Estou chocada com a prisão dele e vou provar a inocência do meu marido”, diz mulher do vereador Biino, acusado de tentativa de homicídio


Em entrevista ao repórter Josildo Santos,na Rádio Naza FM, nesta segunda-feira (15), a esposa do vereador Severino Pereira de Souza, de 48 anos de idade, conhecido por “Biino”(DEM), acusado de tentativa de homicídio contra uma mulher, disse que provará a inocência do marido.

De acordo com Gerluci, o parlamentar, que é marchante e proprietário de um frigorífico, trabalhou o dia todo ao seu lado no dia do fato e à noite permaneceu em casa, momento que a polícia chegou e deu voz de prisão.

O vereador, que está preso no presídio de Lagoa do Carro,  é acusado de  atentar contra a vida da vítima Maria José de Souza, de 25 anos de idade, em um bar no município de Carpina.

Alvejada no antebraço e no abdômen, a mulher foi socorrida para Unidade Mista  de Carpina.

De acordo Gerluci, vizinhos também testemunharam o parlamentar em casa e querem prestar informações sobre a legitimidade da declaração do vereador.

Gerluci afirma que o vereador está sendo vítima de injustiça.

O advogado Bruno Costa, que faz a defesa do parlamentar, informou em entrevista que o seu cliente tem testemunhas que não estava no local e possue imagens de câmeras de estabelecimentos próximos que confirmam que na data e horário do crime, o parlamentar estava com a família e funcionários do seu estabelecimento, coincidentemente.

Nota do Partido

O Democratas, que é o partido do parlamentar, lançou uma nota falando sobre o ocorrido, informando que o caso também começou a ser apurado pelo partido.

Por meio de nota, o Democratas declarou que “condena todo e qualquer tipo de violência, em especial a praticada contra a mulher”.

O partido também disse que o caso será tratado pela direção municipal e pelo Conselho de Ética do diretório estadual.

“O Democratas antecipa que esse tipo de prática fere os princípios partidários, cabendo punição máxima de expulsão dos quadros do partido. A executiva estadual vai acompanhar a apuração do caso pelas autoridades policiais e espera que a Justiça faça apuração da responsabilidade penal”, disse o DEM, no texto.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade