Amanhã (08), a cidade de Timbaúba estará completando 139 anos de emancipação política. A Prefeitura de Timbaúba preparou um dia inteiro de atividades, que começarão em frente ao Prédio da Prefeitura:

7h – Desfile e apresentação das Bandas Filarmônicas Euterpina e 1º de Novembro
8h – Hasteamento das Bandeiras
Desfile das Bandas Marciais
10h – Corte do Bolo
11h – Bloco Vaca Atolada (saindo de Timbaubinha com destino ao Pátio Cultural)
Pátio Cultural da Estação:
14h – Samba de Garagem
15:30h – Apresentação dos Bois de Buzina campeões do Carnaval 2018
16h -Bonde dos Novinhos
17h – Banda Torpedo
19h – Forró do Pistolão
20:30 – Banda Sedutora
22:30 – Silvânia e Paulinha (ex Calcinha Preta)

Um pouco da história:
Timbaúba é um município localizado na Zona da Mata Norte do estado de Pernambuco, na região Nordeste. Seu nome tem origem tupi guarani, que significa árvore de espuma. O território do atual município pertencia a capitania de Itamaracá.
Na primeira metade do século XIX, à margem direita do Rio Capibaribe Mirim, também conhecido como Rio das Capivaras, surgiu um núcleo populacional, onde havia uma feira. Dando origem ao povoado provavelmente chamado de Mocó, Mocós como é conhecido atualmente.

Nas proximidades do povoado, havia uma fazenda conhecida pelo nome Timboúva (árvore de espuma), pertencente ao português Antônio José Guimarães, que, além das suas atividades agropastoris, mantinha um estabelecimento comercial onde vendia tecidos e gênero diversos. Antônio José Guimarães, de expressividade e poder na região, impôs a transferência da feira para o pátio de sua fazenda. Começou daí a formação de um novo povoado.

Com auxílio da população, a esposa do fazendeiro fez construir uma capela em homenagem a Nossa Senhora das Dores, tornando-a padroeira da cidade. Em 1873, no dia 28 de maio, por força da Lei 1 103, da Assembleia Provincial de Pernambuco, foi criada a paróquia.

Com um crescente desenvolvimento social e econômico, a emancipação política foi conquistada dia 8 de abril de 1879, assinada pelo presidente da província, Adolfo de Barros Cavalcanti, que criou o município e comarca de Timbaúba, sendo a povoação elevada à categoria de vila.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday