Festival Canavial Artes Cênicas levará 450 crianças e adolescentes ao cineteatro Polytheama, pela primeira vez

O evento, que faz parte do encerramento das atividades do Festival Canavial Artes Cênicas 2019, vai contar com oficinas, espetáculos, e distribuição de algodão doce e pipocas, gratuitamente, para o público.


A magia, diversão e o encanto, presentes em um palco de teatro,  vão tomar conta do imaginário de 450 crianças e adolescentes, que residem em Goiana, na Região Metropolitana do Recife. É que, pela primeira vez, o público infantojuvenil da cidade, que mora na área urbana e rural, vão ter, neste fim de semana, a oportunidade de acompanhar, de perto, inúmeros espetáculos que vão passar pelo palco do Cineteatro Polytheama – local que estava fechado há cerca de seis anos, e reabriu essa semana.  O evento faz parte do encerramento da programação do Festival Canavial Artes Cênicas, que teve início na última segunda-feira (4), e segue até este domingo (10).

Na programação,  comédia, drama, teatro de bonecos, entre outros. Além disso, haverá distribuição de pipoca, algodão doce, apresentações de palhaços, e bonecos de perna de pau.  “É muito emocionante, para nós, poder realizar esse sonho na vida de tantas crianças carentes. Colocá-las em contato direto com a arte, seja como espectadoras ou protagonistas, isso nos deixa realizado. A cultura é envolvente, mas imaginário de uma criança e adolescente ela é imortal”, ressalta Afonso Oliveira, coordenador do festival. 

Neste sábado, 9, a partir das 10h, o Cineteatro Polytheama sedia uma Oficina de Dança Contemporânea. A formação é destinada para crianças, dos 7 a 12 anos; e será coordenada pelo coordenador pedagógico do festival, Cleiton Santiago.  A partir das 20h, o palco do cineteatro abre as cortinas para receber a comédia: O Peru do Cão Coxo. A mostra, baseada em um história escrita pelo escritor Ariano Suassuna, é uma produção do Grupo Galpão das Artes, de Limoeiro. 

No domingo, 10, último dia do festival, o público participará de uma tarde inteira de atividades.  A partir das 15h, o Palhaço Nuneco, invade o palco do cinetratro Polytheama com toda sua trupe, formada por mágico, malabarista, e bonecos de perna de pau. Será um momento de muitos risos e alegria. Pipoca e algodão doce serão distribuídos, gratuitamente, para o público.  Para encerrar, entra em cena, às 16h30, o teatro infantil: O Menino que virou história. A peça, da autora Nanna de Castro, conta a história de uma criança apaixonada pelo universo da leitura. 

Roda de Conversa – Espaço dedicado à reflexão sobre a importância da manutenção das Artes Cênicas no interior de Pernambuco. Atores, diretores, produtores e artistas participarão do encontro, que será mediado pelo produtor cultural e consultor em políticas culturais, Afonso Oliveira.  A roda de diálogo acontecerá no Cineteatro Polytheama. 

Reabertura do Cineteatro Polytheama –  original de 1912 e fechado desde de 1982, o local foi reaberto na segunda-feira (4), para receber os espetáculos culturais do Festival Canavial Artes Cênicas. Com uma infraestrutura de mais de cem anos, o cineateatro é um complexo equipamento cultural. O espaço dispõe de auditório com 220 lugares com tela retrátil de 7 x 4 metros, do camarim por trás do palco, e da cabine técnica de som e projeção (com players de DVD e projetor multimídia preso ao teto). Além disso, a área  oferece um sala para reuniões e outra equipadas com dez computadores para oficinas e capacitações. Há ainda um pequeno anfiteatro na área externa e boxes de alimentação.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade