Corpo de menino esfaqueado em Macaparana é sepultado


O corpo do menino Riberi Mendes Ribeiro de Andrade, de 4 anos, foi sepultado neste sábado em Macaparana, na Zona da Mara Norte de Pernambuco. O menino foi assassinado a facadas na sexta-feira (04), por um vizinho, enquanto brincava perto de casa na comunidade de Macapazinho.

Na ocasião, uma menina de 11 anos também chegou a ser esfaqueada pelo homem. Ela chegou a ser atendida e levada para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, no centro do Recife. Sem previsão de alta, ela corre risco de morte.

De acordo com a mãe de Riberi, Gláucia Gonçalvez Mendes, tudo aconteceu muito rápido. Falaram que o cidadão tinha furado uma menina na rua lá de casa, aí subiu. Ele viu meu filho e o outro menino dentro do terraço brincando, aí ele já foi pela grade e furou o pescoço do meu filho”, detalhou a mulher. Segundo ela, era evidente que o homem queria matar. “Eu quero que a justiça seja feita”.

Revolta
Não apenas os familiares sentiram a perda do menino, como também a população está revoltada com o assassinato. Em resposta ao crime, os moradores da comunidade invadiram a casa de Luís Francisco da Silva, de 31 anos, e destruíram tudo.

Para não ser linchado pela população, Luís teve de pedir ajuda aos policiais militares da Cadeia pública de Macaparana, sendo assim autuado em flagrante. Agora ele responde por homicídio e tentativa de homicídio, e passará por uma audiência de custódia na tarde deste sábado (5).

Transtorno
De acordo com moradores do local, o homem havia se separado recentemente da esposa e morava sozinho no bairro. Ele vivia sob efeito de medicamentos para tratar a depressão. O delegado que investiga o caso descarta a possibilidade de transtorno mental de Luís.

JC OnLine

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday