Mãe que abandonou recém-nascido em igreja no município de Vicência é liberada após prestar depoimento

Por Giro Mata Norte 18/06/2020 20:37 • Atualizado 18/06/2020
Compartilhe

Imagem de câmera

A mãe que abandonou um bebê do sexo masculino, de apenas 12 dias de nascido, na Igreja Matriz Santa Ana, na Rua Vigário Rego, centro de Vicência, foi liberada após prestar depoimento na Delegacia de Plantão, em Nazaré da Mata.

A mulher, que foi identificada por Josilene Maria da Silva, de 28 anos de idade, conhecida por “Tota”, foi encontrada pela PM, efetivo formado pelo Cabo PM Rivan e o Sd PM Justino, no Povoado de Convale, comunidade rural que fica entre os municípios de Vicência e Limoeiro, no Agreste.

A criança foi deixada ao lado de uma bolsa, onde continha o cartão de vacinação, que ajudou a polícia a encontrar a genitora do bebê.

Na delegacia de polícia, a mulher prestou depoimento ao delegado Rommel Ricardo, que a liberou para que possa responder por portaria.

“Ela deixou a criança na igreja, mas não deixou a criança em risco. Ela me disse que foi ao Conselho Tutelar do município de Aliança e disse que queria entregar a criança, pois não tinha condições de ficar com o bebê, situação que não foi levada a sério pelos conselheiros, que mandaram a mesma voltar para casa. Não autuei em flagrante, pois já havia passado o prazo. Foi um ato mais de desespero do que de maldade da mulher”, disse o delegado.

O crime de abandono de incapaz prevê pena de até três anos de reclusão.

A criança se encontra em uma casa de acolhimento, uma instituição que cuida de menores, localizada em Recife.

A Justiça vai decidir o futuro da criança.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais do Giro Mata Norte