TCE julga ilegal gestão fiscal da Prefeitura de Tracunhaém


Os conselheiros da Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco julgaram irregular, na última terça-feira (06), a Gestão Fiscal da Prefeitura de Tracunhaém, referente ao ano financeiro de 2018.

O ordenador de despesas era o ex-prefeito, Belarmino Vasquez (PR).

Os conselheiros encontraram várias irregularidades contábeis dando inconsistência aos documentos apresentados.

O relator do processo, Valdecir Pascoal, votou pela rejeição, onde o resultado obteve a unanimidade do colegiado.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade