Morre, aos 73 anos, a artesã Noêmia das bonecas, em Tracunhaém

Por Giro Mata Norte 28/08/2021 23:09 • Atualizado 28/08/2021
Compartilhe

Faleceu na noite deste sábado (28), em Tracunhaém, após ter complicações de saúde , a artesã Noêmia Barbosa da Silva, de 73 anos de idade, conhecida por “Dona Noêmia das bonecas”.

A artesã passou mal e foi socorrida para uma unidade de saúde do município de Tracunhaém, onde ela morava, mas faleceu ao dar entrada na unidade hospitalar.

De acordo com informações, a artesã, que morava sozinha, não apresentava bom estado de saúde nos últimos dias, mesmo assim dava continuidade a sua produção.

Dona Noêmia deixa um grande legado para o artesanato de Tracunhém e do Estado a partir do cuidado que depositava em cada trabalho, onde o artesanato era sua ocupação principal, sempre confeccionando suas bonecas, que tornaram-se sua marca registrada.

O amor pela arte de barro, surgiu quando a jovem Noêmia chegou a Tracunhaém em um circo, onde era dançarina, tendo encerrado o período de apresentação, o circo foi embora, mas Dona Noêmia ficou.

Em Tracunhaém, não há nenhum parente da artesã, nem tão pouco ninguém que conhece.

O corpo da artesã está sendo velado na Câmara Municipal de Tracunhaém e será sepultado no mesmo município.

O prefeito do município , Irmão Aluízio ,em suas redes sociais e da instituição,lamentou a morte da artesã e emitiu uma nota de pesar:

Nota de pesar

“Tracunhaém se veste de luto, desta feita pela morte da nossa artesã Noêmia Barbosa da Silva, ou carinhosamente chamada de “Dona Noêmia das bonecas”.

Neste momento de partida, me solidarizo com todos os amigos, parentes e entusiastas das obras desta mulher guerreira, forte e de personalidade.

Exemplo de artesã e de mulher que nunca deixou os obstáculos da vida serem empecilhos de sua vitória.

Agradeço , em nome do nosso município, pela vida, a obra e o legado belíssimo de Dona Noêmia.

Muito obrigado por sua luta, persistência, trabalho e resistência.

Sua arte continuará viva e presente na memória e coração do nosso povo”, escreveu o gestor.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais do Giro Mata Norte