Sete municípios da região estão com risco de surto de dengue


dengueA Secretaria de Saúde de Pernambuco anunciou nesta segunda-feira (13) que a análise do segundo Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), que indica o risco de transmissão da dengue em uma população, demonstra situação de risco de surto em sete municípios da região. Sendo cinco na Mata Norte e dois no agreste.

Até o dia 04 de abril foram registrados 18.431 casos de dengue (2.987 confirmados) distribuídos em 165 municípios. Isso representa um aumento de 423,91% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram notificados 3.518 casos, confirmando 1.247 desses. O município com o maior número de casos absolutos é a cidade de Goiana.

Já os municípios com maior grau de incidência (número de casos por 100 mil habitantes), entre o período de 08/02 a 04/04, foram: Goiana (734,48), Condado (725,66), Surubim (676,48), Itaquitinga (586,97), Buenos Aires (454,76), Lagoa do Carro (394,27) e Limoeiro (386,96).

A coordenadora do Programa de Controle da Dengue da Secretaria de Saúde do Estado, Claudenice Pontes, reforça a necessidade dos municípios intensificarem as ações de campo para combater os criadouros do mosquito Aedes aegypti. O Estado também está a postos para auxiliar as localidades que precisarem de apoio técnico. “Além do esforço do poder público, a população precisa fazer a sua parte, não deixando recipientes com água destampados ou descobertos. Sabemos que a maior parte dos focos do mosquito é encontrada nas residências, por isso é essencial que todos estejam atentos”, frisa Claudenice.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade