Extrapolação de prazo faz professores decretarem greve em Paudalho


sinpro_paudalhoProfessores municipais de Paudalho decretaram Estado de Greve em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira, 16 de outubro. O intuito é pressionar o poder executivo a resolver os problemas enfrentados pela categoria, até então sem solução, apesar das cobranças realizada pelo Sinpro Pernambuco.

A Prefeitura vem descumprindo a legislação que obriga o município a proceder o pagamento até o 5º dia útil do mês subsequente ao trabalhado. Essa atitude vem acontecendo consecutivamente. Sabe-se que o salário é um direito constitucional, previsto em lei e o município deve fixar a data-limite para o pagamento de remuneração de seus servidores.

Além disso, segundo relatos, a Prefeitura não vem realizando o repasse para os bancos dos valores descontados, na folha de pagamento, referente a empréstimos consignados, por conta disso muitos professores estão com os nomes negativados.

“Vamos esperar uma resposta da Prefeitura, a categoria está unida e não hesitará em decretar greve definitiva por tempo indeterminado”, afirmou Luciano Paz, coordenador de assunto educacionais do Sinpro Pernambuco.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade