Suspeito de estelionato que aplicava golpes de cartão de crédito é preso em Nazaré da Mata

Por Giro Mata Norte 21/05/2022 14:02 • Atualizado 21/05/2022
Compartilhe

Um homem suspeito de estelionato foi preso nesta sexta-feira (20) na Rua Dr Osvaldo Neves Maranhão, centro de Nazaré da Mata.

Segundo a Polícia Militar , o acusado que foi preso, Yuri Lins Rocha Barreto, de idade não informada, que se apresentou a vítima com o nome falso de Jorge Araújo , deve fazer parte de uma associação criminosa que aplica golpes de cartão de crédito e iria fazer mais uma vítima no município.

O alvo do criminoso seria uma mulher, que de acordo com informações repassadas por ela , teria recebido uma ligação de uma pessoa falando sobre o seu cartão que havia sido clonado e que o mesmo seria recolhido em sua residência.

No primeiro momento , a vítima recebeu a ligação telefônica de uma pessoa de nome Rodrigo Alves, que disse ser de uma loja em Caruaru, onde as compras haviam sido feitas, e solicitava para a vítima ligar para um falso serviço gratuito de telefone do cartão, 08007203030, onde a atendente combinou o recolhimento do cartão e de uma carta manuscrita que deveria ser entregue ao portador.

De acordo com a polícia, o esquema funciona assim: uma falsa central de operadora de cartões ligava para as vítimas dizendo que o cartão delas havia sido clonado e que estava fazendo uma análise para resolver o problema.

Em seguida, dizia que um funcionário do banco ou da operadora iria recolher o cartão para inutilizá-lo.

Pouco tempo depois, o homem ia até a casa das vítimas e recolhia o cartão.

Com os cartões das vítimas em mãos, o homem realizava diversas transações

O suspeito disse aos PMs, durante prisão, que veio a Nazaré da Mata em um veículo, junto a mais duas pessoas, de vulgos “Orelha” e “Paulistano”, que não foram identificados.

Yuri Lins Rocha Barreto é morador do bairro da Mangueira, em Recife.

O homem foi levado para a Delegacia de Plantão de Nazaré da Mata.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais do Giro Mata Norte