Coco de roda feminino anima véspera de São Pedro no Recife

Formado unicamente por mulheres, a atração traz toda tradição da cultura de raiz, destacando o protagonismo feminino, o enfrentamento a violência de gênero e a cultura de paz.


Nesta quarta-feira, 28, véspera de São Pedro, a capital pernambucana tem um encontro especial com o grupo cultural feminino Flores do Coco, da Associação das Mulheres de Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte do Estado. A festividade está programada para acontecer às 20h, no tradicional Arraial Luar do Sertão, no bairro da Várzea, Zona Norte da Cidade. O evento é gratuito e aberto ao público.

Formado unicamente por mulheres, a atração traz toda musicalidade e tradição da cultura de raiz, destacando, evidentemente, o protagonismo feminino, o enfrentamento a violência de gênero e a cultura de paz, como temas principais dos cocos tocados e cantados pelo grupo.

“Estamos muito felizes, pela primeira vez, estar participando desta festividade, que une e reúne tantos protagonistas da nossa cultura popular e folclórica”, destaca a coordenadora executiva do grupo, Eliane Rodrigues.

No repertório, o grupo apresenta desde trabalhos autorais a música de grandes personalidades da cena musical de Pernambuco, como a ícone do coco de roda no Estado, Selma do Coco. “A gente passeia pelos mais diversos trabalhos musicais do coco de roda, sabendo que nossa referência sempre será a baluarte Selma do Coco, que já não se encontra entre nós. Ela, sim, é nossa inspiração” disse emocionada a vocalista da atração, Marta Maria.

Para que o público se mantenha conectado no ritmo do coco, seis dançarinas do grupo, vestidas a caráter, interagem com o público durante as apresentações, trazendo-lhes de espectadores para dançarem no salão. “Engana-se que acha que só tocamos coco. A gente também leva para o público ciranda, como fechamento de nossas apresentações”, ressalta Marta Maria.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade