Municípios da Mata Norte aparecem com “0,0” no portal da transparência divulgado pela CGU


Na última sexta-feira (20) a CGU (Controladoria-geral da União), divulgou o resultado da segunda edição da Escala Brasil Transparente. O mais curioso que as cidades da Mata Norte de Pernambuco que foram escolhida por meio de uma seleção eletrônica, aparecem como as que não possuí nenhuma transparência, mediante as regras da controladoria.  As cidades analisadas foram Condado, Glória do Goitá, Itaquitinga, Nazaré da Mata e Paudalho, todas aparecem com transparência “0,0” mediante as suas equipes de gestão municipal.

Em contrapartida as cidades  que obtiveram “10,0” no quesito transparência no estado foram Recife, São Vicente Ferrer, Serra Talhada, Fernando de Noronha e Olinda, essas são as mais transparentes. A pesquisa analisou a situação de 1.613 entes federativos. Entre eles, estão todos os estados e suas respectivas capitais, os entes já avaliados na primeira edição da Escala, além de novos municípios selecionados por meio de amostra probabilística definida por sorteio eletrônico. Vale destacar que, do total de municípios desta edição, 105 demonstraram interesse voluntário para serem avaliados pela Controladoria.

Os dados da segunda rodada da EBT revelam que os estados da Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerias, São Paulo e o Distrito Federal são os mais transparentes do país. No ranking estadual, quando comparada à primeira pesquisa, Ceará, Pernambuco, Santa Catarina e Sergipe caíram de posição. Por outro lado, o Maranhão, que agora obteve nota 10, na edição anterior havia recebido nota 2,22. Destaque também para o Rio Grande Norte: o estado saiu de nota 0 para nota 8,19 na nova avaliação.

Já em âmbito municipal, 29 localidades receberam pontuação máxima; enquanto em 822 cidades receberam notas entre 0 e 0,99, por ter sido verificado que a Lei de Acesso não está regulamentada e que inexistem ou são ineficazes os canais para a população solicitar informações públicas. Apiúna, em Santa Catarina, recebeu nota 10 em ambas as edições do programa. Com relação às capitais, São Paulo (SP) continua em primeiro lugar, mas agora acompanhado de Brasília (DF), Curitiba (PR), João Pessoa (PB), Recife (PE) e Rio Branco (AC).

gg

 

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade