Câmara de Glória do Goitá reprova mais uma prestação de contas do ex-prefeito Drº Miranda


Nesta segunda-feira (26), à Câmara de Vereadores de Glória do Goitá reprovou mais uma prestação de conta do ex-prefeito Zenilto Miranda, “Dr. Miranda” (PTB). Foram seis votos favoráveis à rejeição referente às contas do ano 2016, de acordo com o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Dois vereadores foram contrários a recomendação do TCE e dos se abstiveram de votar. Um dos parlamentares se retirou do plenário.

A sessão ocorreu na manhã de hoje. Os vereadores Valdeir Félix (PSD), Kaio Nery (PSD), Cícero de Tapera (PSD), Neco de Chiquinho (PSD), Rodrigo Martins (PSB) e André Enfermeiro (PSB).

Votaram contra o parecer da Corte os vereadores Lívio Oliveira (Podemos) e Ivo Severino (PTB). Abstiveram-se os vereadores Wellington Andrade e Evandro Teodoro ambos do PSB. O vereador Ninho de Enildo (SD), se retirou do plenário antes do início da votação.

Com mais esse resultado o ex-prefeito Zenilto Miranda continua inelegível por mais oito anos.

No 17 de junho de 2019 o Poder Legislativo, reprovou as contas do exercício 2014 por 10 votos favoráveis e uma abstenção.

Em dezembro de 2018 a Câmara de Vereadores de Glória do Goitá rejeitou as contas do exercício de 2015, por 10 votos a 0, ou seja, por unanimidade.

Contra o ex-prefeito ainda existem outras três contas rejeitadas pelo TCE (2006, 2007 e 2008) e a Câmara de Vereadores deverá colocar na pauta para julgamento.

A reunião desta segunda-feira foi transmitida pela internet.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade