TJPE emite efeito suspensivo pedindo que a Câmara não coloque em votação o projeto de resolução que anula as eleições da mesa diretora da Câmara de Carpina


Foto: Deivson Silva// Giro Mata Norte

O Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE) emitiu, na última sexta-feira (18), uma decisão onde requeria do presidente da Câmara de Vereadores da cidade, Guilherme Diógenes (PSDB), que não realizasse a votação do projeto de resolução, que solicitava a anulação das duas eleições da mesa diretora, para o biênio 2023/2024.

O Desembargador, Erik de Sousa Dantas Simões, foi o relator do pedido de efeito suspensivo.

A decisão foi publicada horas depois da Casa Drº Murilo Silva ter aprovado, pro 9×4, o projeto onde anulava o pleito e remarcava uma outra eleição, com data incerta.

As eleições, anuladas, ocorreram nos dias 25 de junho de 2021 e no dia 03 de janeiro deste ano. Nas duas eleições o vereador, Dedé Lances (PTB), foi eleito para conduzir a Câmara de Vereadores.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade