Ramos Silva: Antônio Moraes pede apuração de assédio à jornalista


42898aO deputado Antônio Moraes (PSDB), criticou, nesta segunda (18), a retaliação sofrida pelo jornalista Ramos Silva, em Carpina, na Mata Norte, devido à veiculação de notícia sobre a ocorrência de atividades irregulares na Casa das Juventudes da cidade, o que teria provocado represálias por parte de um delegado e de um secretário municipal.

De acordo com o parlamentar, o jornalista repercutiu matérias de blogs da região e da capital, que noticiaram reclamações de moradores do município sobre a realização de festas noturnas na entidade. “O que era para ser um espaço de referência, com atividades educacionais e culturais, está motivando a desordem urbana e estimulando o uso de álcool e drogas”, afirmou.

Segundo o deputado, Ramos Silva foi convidado a ir à delegacia do município e, lá, pressionado a anunciar, nos mesmos veículos em que a notícia foi divulgada, que a informação era falsa, mas o jornalista se negou. Antônio Moraes lembrou que Ramos Silva é um profissional conceituado, que tem um jornal que circula há 15 anos na Mata Norte e um programa de rádio. “Ficamos surpresos com a atitude das autoridades e esperamos que a questão seja apurada. Coloquei-me à disposição do jornalista”, frisou.

Residente em Carpina, o deputado Botafogo (PDT) fez coro às queixas “Também quero externar minha indignação. A casa fica na rua onde moro. Passo lá várias vezes e nem sequer está aberta durante o dia. Só funciona à noite”, aparteou.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade