Operação Capibaribe visa prender vários alvos no Agreste


image

A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou nesta terça-feira (01), a 30ª Operação de Repressão Qualificada denominada “Princesa do Capibaribe” que acontece agora nas cidades de Limoeiro, Bom Jardim e São Lourenço da Mata, onde estão sendo efetuadas diligências.

A Operação “Princesa do Capibaribe” tem por objetivo dar cumprimento a 18 Mandados de Prisão Preventiva, dois Mandados de Internação Provisória de adolescente e 14 Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar, expedidos pelo Juiz de Direito da Comarca de Limoeiro.

Os suspeitos têm envolvimento nos crimes de associação criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico e furto de veículo, adulteração de sinal identificador de veiculo e porte ilegal de arma de fogo.

A operação foi coordenada pela Chefia da Polícia Civil de Pernambuco e na execução do trabalho operacional foram empregados 100 policiais civis entre delegados, agentes e escrivães e mais 16 policiais militares no apoio operacional.

As investigações tiveram início há seis meses, sendo presididas pelo delegado Paulo Gustavo Gondim, titular da 115ª DP Limoeiro, apoiada pela 16ª DESEC; Diretoria Integrada do Interior-1 e Diretoria de Inteligência da PCPE.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade