Conselho do Direito da Mulher será implantado em Limoeiro


Conselho do Direito da Mulher (2)Aconteceu no dia 15 de junho, uma reunião na sede da FACAL (Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro), com o objetivo da construção do Conselho de Direito da Mulher, em Limoeiro. O tema abordado “Conselho: Conquista de direito e fortalecimento social” foi discutido pelos representantes da sociedade civil, gestão municipal e representantes da AMUPE (Associação Municipalizada de Pernambuco).

A Coordenadora Municipal da Mulher, Conceição Amorim, em parceria com a Secretaria da Mulher do Estado, ressaltou a importância do estreitamento dos vínculos que apontam na direção da conquista do estado democrático, que só se emplaca com a participação social. “Fica claro, que a construção do Conselho é um indicador que se propõe a edificar uma sociedade mais participativa, justa e equilibrada, pautada na conquista dos direitos humanos e sociais, sobretudo nos das mulheres”, falou Amorim.

Já para o gestor municipal Thiago Cavalcanti, que também esteve presente ao encontro, falou dessas iniciativas que vem garantindo a visibilidade dos direitos da mulher no município. “A implantação do Conselho da Mulher em Limoeiro é uma necessidade urgente, pois isso faz a integração entre gestão e sociedade num plano de construção visando fiscalizar e ajudar a questão pública que envolve a mulher”, destacou o gestor.

A representante da Coordenação Regional da Mulher de Pernambuco, Taysa Andrade, durante a reunião explicou sobre os casos de sucessos de outros municípios que já implantaram o conselho. Ela também aproveitou e relatou sobre essa conquista para Limoeiro. “Para as limoeirenses esse momento é histórico e de extrema significância, pois se trata de uma reunião para a implantação do Conselho do Direito para a Mulher, que também servirá para promover o intercambio entre os Conselhos de outras cidades e a AMUPE”, explicou Taysa Andrade.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade