Acidentes com Motos em Limoeiro tem um aumento absurdo veja os numeros


image

Os dados estatísticos coletados pelo Núcleo de Epidemiologia do Hospital Regional de Limoeiro (NEPI) apontam um aumento do número de vítimas de acidentes com motos no trânsito do município de Limoeiro.

São muitos os fatores que podem explicar o rápido crescimento dos acidentes com motociclistas, mas todos os estudos recentes apontam que as causas principais são procedimentos de risco dos próprios condutores, como o consumo de álcool, imprudência no transito entre outras infrações como, por exemplo, cortar pela direita.

Se o risco de morrer em uma colisão de automóvel já é significativo, a depender das circunstâncias do acidente, sobre uma motocicleta essas chances são 20 vezes maiores. Esse número sobe para 60 vezes se a pessoa não estiver usando o capacete, item obrigatório pela ­legislação

Cada vez mais, o SAMU, as emergências dos hospitais em especial o da Restauração no Recife, as unidades de terapia intensiva vêm sendo dominados pelas vítimas de acidentes de motocicletas.

O Condutor  recém-habilitado, quando coloca a carteira no bolso, já se acha piloto, que pode fazer o que um profissional da moto faz .Mas ele não consegue; acaba sendo uma vítima do trânsito e, sem querer, acaba sendo um camicase.

Ao contrário do que se imaginam as categorias que usam a moto como fonte de renda (moto fretistas, motoboys e moto taxistas) não estão entre as principais vítimas, as estatísticas divulgadas pelo Núcleo de Epidemiologia (NEPI) do Hospital Regional de Limoeiro revelaram que dos 815 notificações de acidente em Limoeiro e Região, 535 foram com motos e dos quais 470 foram em Limoeiro.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade