Compositor e artesã conduzirão tocha olímpica em Caruaru


tocha-olimpica

A Prefeitura de Cararu, no Agreste de Pernambuco, indicou a artesã do Alto do Moura, Marliete Rodrigues, e o compositor Onildo Almeida, para conduzirem a tocha olímpica dos jogos do Rio de Janeiro, em 2016, representando o município. A ideia foi destacar o artesanato do barro e a música popular regional. Marliete é internacionalmente conhecida por suas obras miniaturizadas e Onildo foi imortalizado com a composição A Feira de Caruaru.

A tocha chegará a Caruaru em data a ser definida na primeira semana do São João 2016. Percorrerá várias ruas e será utilizada para acender simbolicamente a Pira Olímpica no Pátio de Eventos, onde também acontecerá um show de música nordestina, com artistas da terra e convidados.

Os dados com a indicação dos dois artistas foram enviados ao Comitê Olímpico e a prefeitura aguarda a vinda de uma equipe técnica dos jogos olímpicos para acertos quanto ao roteiro e o suporte para os condutores da tocha. Onildo e Marliete são os indicados da prefeitura para as duas únicas vagas disponibilizadas pela coordenação do evento.

Os demais condutores, mais de duas dezenas, já estão sendo indicados pelos patrocinadores. Cada um percorrerá, correndo ou andando, trechos padronizados de 200 metros. Um jovem atleta já aprovado para conduzir o fogo olímpico é o caruaruense Edcharles Teixeira, lutador de jiu-jitsu, campeão mundial, sulamericano e brasileiro na modalidade

Petrolina, Caruaru e Recife, nesta ordem, receberão o evento. Além da capital, as duas maiores cidades do interior do estado, justo. Fernando de Noronha também deve entrar no trajeto

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade