Zenilto Miranda volta a ter prestação de contas rejeitadas pelo TCE


Conselheiros da Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE) rejeitaram, nesta terça-feira (23), a prestação de contas do exercício financeiro do ano de 2016, da prefeitura da cidade de Glória do Goitá.

Na época a prefeitura era gerida pelo ex-prefeito, Zenilto Miranda (PTB).

O processo, que teve como relator o conselheiro Carlos Porto, foi rejeitado de forma unânime pelos conselheiros. A corte emitirá uma recomendação a Câmara de Vereadores da cidade, para acompanhar a decisão do TCE.

Várias determinações ao ex-gestor.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade