TCE rejeita prestação de contas da Câmara de Goiana

O vereador, Renato Sandre (PSDB), era o ordenador de despesas da época.


Os conselheiros da Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE) julgaram irregulares a prestação de contas, do exercício financeiro do ano de 2014, da Câmara de Vereadores da cidade de Goiana. O julgamento ocorreu nesta terça-feira (11), durante reunião ordinária da corte.

O vereador, Renato Sandre (PSDB), era o ordenador de despesas da época.

O relator do processo, o conselheiro Dirceu Rodolfo de Melo Junior, declarou seu voto optando pela rejeição da prestação de contas, ainda realizando uma série de recomendações ao vereador, que ainda foi multado pelo Tribunal de Contas do Estado.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade