TCE julga ilegais contratações realizadas pela Prefeitura de Macaparana

As admissões foram realizadas no ano de 2014.


TCE-PEOs conselheiros da Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE) julgaram ilegais as 378 contratações temporárias realizadas pela Prefeitura de Macaparana, durante o exercício financeiro de 2014.

O relator do processo foi o conselheiro substituto, Luiz Arcoverde Filho.

O resultado foi deferido durante a sessão ordinária, ocorrida na última terça-feira (01).

Os conselheiros ainda multaram o prefeito da cidade, Paulo Barbosa da Silva, conhecido como Paquinha (PMDB).

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade