Governo de Pernambuco anuncia redução de 16% no preço do gás natural

Os novos valores entram em vigor no sábado (1º). De acordo com o governo estadual, a maior diminuição, de 16,2%, é para o segmento industrial


O preço final do gás natural canalizado para indústrias, uso residencial e veicular terá uma redução de 9% a 16% em Pernambuco, a partir do sábado (1º). A medida foi anunciada pelo governador Paulo Câmara (PSB) em pronunciamento nesta quarta-feira (29).

De acordo com o governo, a maior diminuição, de 16,2%, é para o segmento industrial. Na cogeração, a redução média foi de 12,2%, enquanto as tarifas para o comércio diminuíram 11,7%, em média. No segmento residencial, a diminuição foi de aproximadamente 9%. Na tarifa do Gás Natural Veicular (GNV), houve um arrefecimento de 10,3%. “Quem consome o gás veicular, por exemplo, vai perceber uma queda de R$ 2,65 para R$ 2,49 no preço do metro cúbico do combustível”, explicou o governador.

No pronunciamento, o governador também informou que a Agência de Empreendedorismo do Estado (AGE) atingiu o patamar de R$ 13,5 milhões em novos negócios. 

“Esse apoio tem sido importante para os microempresários do nosso polo de confecções, salões de beleza, clínicas de estética e outros milhares de empreendedores que voltaram a negociar após a flexibilização das atividades econômicas”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

“É dinheiro sem burocracia para o capital de giro dos empreendedores já estabelecidos e para os trabalhadores que estão iniciando um novo negócio”, acrescentou. Segundo o governo, mais de seis mil pessoas tiveram acesso a empréstimos com os menores juros do mercado.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade