‘Vamos seguir buscando alternativas’, afirma Paulo Câmara sobre compra de vacinas

Governador de Pernambuco afirmou que Estado segue procurando laboratórios de todo o mundo em busca de imunizantes


O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, afirmou que o Estado seguirá “buscando alternativas” para adquirir doses de vacinas contra a Covid-19. A afirmação foi feita pelo gestor em entrevista à TV Globo Recife, na manhã desta sexta-feira (5).

“Vamos seguir buscando alternativas, temos procurado laboratórios de todo o mundo. Estamos buscando acelerar esse processo [de imunização] e ajudando o Governo Federal buscando vacinas que possam ser colocadas no Plano Nacional de Imunização”, disse o governador.

Ao comparar o Brasil com outros países, com um ritmo acelerado de vacinação, Paulo Câmara afirmou que o País “infelizmente” atrasou sua campanha de imunização. “O Brasil não planejou a compra de outras vacinas que estão em pleno andamento, como Pfizer, Janssen e Moderna”, falou.

Na terça-feira (2), o governador visitou a fábrica da União Química, em Brasília/DF, após reunião sobre a negociação da compra direta pelos estados da vacina Sputnik V. Câmara lembrou que 10 milhões de doses do imunizante russo estão à disposição do Brasil.

“Queremos contribuir para acelerar a vacinação. É só ver os números, quando iniciamos a vacinação no fim de janeiro com os mais idosos, o número de internações de quem tem mais de 85 anos já está diminuindo. Isso mostra que a vacina tem eficácia”, continuou o governador.

A vacinação dos mais idosos ainda deverá contribuir para a redução da ocupação de leitos de terapia intensiva em Pernambuco, segundo Câmara. 

“Nosso esforço é vacinar cada vez mais os idosos. Se recebermos esse lote em março e o planejamento de abril, vamos ter condições de vacinar os idosos com mais de 60 anos. Isso vai criar uma diminuição desse leitos de UTI de pessoas que ocupam 60% dos leitos. Se temos hoje 1000 leitos abertos, 60% são para idosos. Se a vacina chegar a eles, vai sobrar leitos e vamos poder fazer um tratamento mais adequado”, explicou Paulo Câmara.
 
De acordo com a última atualização feita pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), na quinta-feira (4), Pernambuco já aplicou 467.611 doses dos imunizantes – sendo 347.573 pessoas vacinadas com a primeira dose e  120.038 com a segunda e o esquema vacinal finalizado.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade