Dois agentes ficam feridos em rebelião no Complexo do Curado

Também há informações de detentos mortos. Confusão ocorre no Presídio Frei Damião de Bozzano


Dois agentes penitenciários foram baleados em uma rebelião, nesta segunda-feira (26), no Complexo Prisional do Curado, no bairro do Sancho, na Zona Oeste do Recife. A mulher, que foi atingida na perna, e o homem, que foi atingido no peito, foram socorridos e levados para o Hospital Otávio de Freitas, no bairro de Tejipió, também na Zona Oeste. No motim, que aconteceu no Presídio Frei Damião de Bozzano, um detento morreu e outros quatro presos ficam feridos.

O detento que morreu e os feridos permanecem na unidade prisional. De acordo com informações preliminares, cinco presos teriam tentado fugir do presídio. Eles teriam rendido funcionários da enfermaria e os agentes penitenciários e feito um escudo humano para tentar sair da unidade prisional (Veja vídeo abaixo). Os detentos, inclusive, chegaram a pegar as chaves dos veículos dos servidores para fugir.

No momento em que os detentos faziam o escudo humano, houve troca de tiros. Os detentos, no entanto, estavam com coletes e armas, que foram pegos dos agentes de segurança do local. O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, informou que nenhum detento fugiu.

Eurico também informou que os agentes penitenciários passam bem e não correm risco de morrer. A Seres confirmou que houve um tumulto na unidade prisional e disse que ainda está sendo feito o levantamento da ocorrência. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo do detento morto.

Folha de Pernambuco

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade