Deputada denuncia uso de furadeira doméstica em cirurgias ortopédicas no Hospital Getúlio Vargas


Em vídeo divulgado nas suas redes sociais nesta quinta-feira (11), a deputada estadual Clarissa Tércio (PSC) denunciou o uso de uma furadeira comumente usada em paredes para cirurgias ortopédicas no Hospital Getúlio Vargas, Zona Oeste do Recife. O ato foi denunciado através do programa Fiscalize PE, lançado pela parlamentar para que a população enviasse denúncias pelo WhatsApp.

“Fui surpreendida com as fotos que recebi de um profissional da saúde do hospital (que preferiu não se identificar)”, lamentou Clarissa. No vídeo, a parlamentar lembra que o uso da furadeira de parede é terminantemente proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) porque ela não pode ser esterilizada para usos médicos, além de não possuir um mecanismo de segurança para evitar choque elétrico.

Ela pede, ainda, para que o Governo do Estado não se omita a esse apelo e declarou que irá fazer um requerimento na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) sobre o assunto.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade