TJD-PE nega pedido do Náutico de anulação do jogo contra o Central


Na noite desta segunda-feira (16), o plenário do Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE) indeferiu o pedido do Náutico, de anular a partida contra o Central, em Caruaru, que marcou a estreia das duas equipes na competição. O plenário tomou a decisão por unanimidade. Ou seja, o placar de 2 a 1 para a Patativa segue. Cabe recurso no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

O Náutico alegou na ação que houve quatro paralisações para o Central fazer as suas substituições. O limite da regra é de três paralisações por equipe, ainda que haja a chance de alterar cinco vezes uma determinada equipe. Então, resultado que estava suspenso na tabela, volta a ter validade e o Central permanece com os três pontos da partida.

Foto: Reprodução/Internet.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade