Náutico empata sem gols diante do Confiança e dá adeus ao acesso à Série A


Fim de linha para as pretensões alvirrubras na Série B do Campeonato Brasileiro. Em Aracaju, não foi por falta de oportunidades. Ambas as equipes desperdiçaram muitas chances, principalmente na etapa final. Anderson salvou o Náutico e o Timbu mexeu na equipe, mas não conseguiu o êxito no duelo. O placar coloca um fim nas chances que já eram mínimas do time alvirrubro, de almejar uma vaga na próxima edição da Série A em 2022. Agora é passar por um processo eleitoral e, posteriormente, pensar na temporada do ano que vem. No entanto, a tabela segue. No feriado da Proclamação da República, na próxima segunda-feira (15), o Timba encara o Sampaio Corrêa, às 18h, nos Aflitos, pela antepenúltima rodada do Brasileirão da Série B.

O JOGO

Na partida, o Náutico teve muito mais posse de bola, principalmente na etapa inicial. Porém, mesmo com um jogo mais direto, foi o Confiança que levou mais perigo à meta do goleiro Anderson. Com Jaílson mal no jogo e inúmeros desfalques na equipe, a criação do Náutico foi totalmente comprometida e dependia muito das chegadas do garoto Thássio pela direita, e das tentativas de Vinícius, de levar o Timbu ao ataque. E nessa pegada, a etapa primeira do duelo chegou ao fim na Arena Batistão.

No segundo tempo, o time da casa adiantou as suas linhas, teve mais posse de bola nos quinze primeiros minutos e incomodou bastante o Náutico, exigindo boas defesas de Anderson. Com esses avanços, o jogo tornou-se franco e o Timbu também teve boas chances de abrir o marcador. Contudo, as equipes desperdiçaram muitas chances no jogo e o placar não foi alterado. Fim de jogo: Confiança 0x0 Náutico.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

Confiança 0
Rafael Santos; Jonathan (Gedeilson), Nirley, Adalberto (Luan) e João Paulo (Lucas Sampaio); Madison, Rafael Vila (Adriano Júnior) e Álvaro; Willians (Neto Berola), Ítalo e Hernane. Técnico: Luizinho Lopes.

Náutico 0 
Anderson; Thássio, Camutanga, Rafael Ribeiro e Guilherme Nunes (Luan); Rhaldney, Djavan (Juninho Carpina), Matheus Jesus (Luiz Henrique) e Jailson (Giovanny); Vinícius e Álvaro (Guillermo Paiva). Técnico: Hélio dos Anjos.

Local: Arena Batistão (Aracaju/SE)
Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP).

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Fabrini Bevilaqua Costa (ambos de SP).
Cartões amarelos: Rafael, Madison, Adriano (CON); Djavan (NAU).

Público Total: 3.862 torcedores. Renda: R$ 61.204,00.

Foto: Lucas Almeida/AD Confiança.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade