Em confronto direto contra o Z-4, Náutico perde para o Guarani no Brinco de Ouro


Campinas | No Brinco de Ouro, o Guarani conseguiu um importante resultado para as suas ideias na Série B. Diante do Náutico, o Bugre venceu por 1 a 0, ainda sendo hóspede do Z-4 da competição. No entanto, a equipe de Mozart Júnior venceu um adversário direto na luta contra a queda à Série C. Os donos da casa chegaram aos 23 pontos, assumindo a 18ª colocação. Na próxima rodada, o Guarani terá o dérbi diante da Ponte Preta. Por sua vez, o Náutico duela diante do Vila Nova, nos Aflitos. 

O JOGO

O começo da partida foi do Guarani. Aos 4 minutos, após saída equivocada de Thomaz, o Guarani levou perigo à meta de Lucas Perri pela primeira vez. Outras duas chances foram criadas: arremates de fora da área com Yago e Madison até os 12 minutos. Náutico, por sua vez, não teve saída de bola e ficou encolhido na marcação. A primeira chegada do Timbu foi aos 18 minutos, em uma cobrança de falta de Souza, sem tanto perigo. A partir daí, o Timbu tentou ficar mais com a bola e ser perigoso. 

Até os 30 minutos, o jogo não ofereceu tantas chances de perigo. Três minutos depois, a chance mais perigosa do jogo. Souza cobrou escanteio e Richard Franco cabeceou com muita força, e a bola ficou no travessão de Kozlinski. Os primeiros sintomas de um crescimento do Náutico na partida e o Bugre dando brechas na marcação. Até que aos 39 minutos, a resposta veio. Isaque cruzou, Jenison testou para o gol e Perri defendeu, salvando o Timba. Primeiro tempo sem gols. 

No segundo tempo, o Guarani fez duas modificações, que foram suficientes para a equipe marcar o seu primeiro gol. Aos 4 minutos, Jamerson cruzou da esquerda, e Jenison matou no peito e teve a calma para marcar e colocar o Bugre em vantagem. Nos minutos seguintes, o Náutico fez todas as mudanças permitidas e não acionou Jean Carlos no jogo. Aos 18 minutos, Souza cobrou falta na área e Bispo cabeceou para Kozlinski operar boa defesa. A partir do gol, Bugre teve partida controlada. 

Sem forças para atacar com mais força, alvirrubros erraram muito na reta final de jogo, principalmente na última bola. Por sua vez, Guarani teve a tranquilidade para segurar o resultado. Fim de partida no Brinco de Ouro: Guarani 1×0 Náutico. 

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

GUARANI 1

Maurício Kozlinski; Diogo Mateus (Lucas Ramon), João Victor, Derlan e Jamerson; Rodrigo Andrade, Madison (Richard Rios) e Isaque; Bruno José (Lucas Venuto), Yago (Giovanni Augusto) e Jenison (Yuri). Técnico: Mozart Júnior. 

NÁUTICO 0

Lucas Perri; Wellington (Victor Ferraz), Maurício e Bruno Bispo; Anilson, Jobson, Souza, Richard Franco (Geuvânio), Thomaz (Mateus Cocão) e João Lucas (Júnior Tavares); Kieza (Jonathas Jesus). Técnico: Elano Blumer. 

Estádio Brinco de Ouro, em Campinas/SP.

Arbitragem: Diego Pombo Lopez (BA). Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias (ambos da BA). VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO).

Cartões amarelos: Derlan (GUA). 

Gols: Jenison, aos 4 minutos do 2T. 

Foto: Thommy Marostegan/Guarani FC.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade