Pernambuco sedia o maior festival de cultura popular do Nordeste com atrações do Brasil, Moçambique, Estados Unidos e Japão

A programação, realizada em clima festivo de Copa do Mundo, acontece em Itambé, na Zona da Mata Norte de Pernambuco.
Evento inicia quinta-feira, dia 24 e segue até sábado, dia 03 de dezembro, no formato presencial e online


O Festival Canavial – maior evento de música e cultura popular de tradição da Zona da Mata Norte de Pernambuco, realizado na região Nordeste, chega, em 2022, à sua 16ª edição, recheado de novidades. Este ano, a programação será no formato híbrido, com atrações culturais de Pernambuco, Rio de Janeiro, Bahia, Moçambique, Estados Unidos e Japão. Outra novidade é que, pela primeira vez, o festival terá suas atividades concentradas na cidade de Itambé, localizada na zona canavieira, entre os estados de Pernambuco e Paraíba. Durante o festival será realizada uma oficina para modelos e desfile de moda afro; seminário internacional; e uma roda de conversa. Iniciativa conta com incentivo do Governo de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura; Prefeitura de Itambé; Secretaria de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

O festival traz como tema: “Uma celebração de encontros históricos”. Dentro desta ideia, haverá uma série de interações musicais exclusivas, que vão do batuque do maracatu rural ao afoxé. Entre as atrações, Juliano Holanda e Sam Silva; Afonjah e Isaar; Maciel Salu e Lazir Sinval do Jongo da Serrinha; Orquestra Virtual e Charles Theone; Caboclinhos 7 Flexas de Goiana e Preciawá Porãngueté; Terezinha do Acordeon e Luzinete Show; Coco Raízes de Arcoverde e Biu do Coco, entre outros.

A programação também reúne shows solos da banda baiana Manospreto, Quinteto Violado, João Paulo Rosa, Nádia Maia, Coco da Liberdade, Orquestra Iorubá, Orquestra Pedra Preta, Maracatu Estrela de Ouro de Aliança, Maracatu Pavão Misterioso de Upatininga e Maracatu Águia Formosa de Tracunhaém.

Entre os municípios pernambucanos representados estão: Itambé, Carpina, Aliança, Goiana, Tracunhaém, Nazaré da Mata (Zona da Mata Norte), Inajá (Sertão);  Igarassu,Olinda e Recife ( Região Metropolitana).  Há, ainda, participação especial dos estados do Rio de Janeiro, Bahia e Rio Grande do Norte.

São homenageados do evento, o rabequeiro, cantor, compositor, mestre de maracatu-rural e militante das tradições populares,  o mestre Maciel Salu;  a feminista, produtora cultural e ativista social do movimento de mulheres da Zona da Mata, Zita Barbosa;  e Berta Maia. 

OFICINA DE MODELOS NEGRES E DESFILE

Durante os dias do festival, a empresa pernambucana, Zarina Moda Afro, no Quilombo do Xambá, em Olinda, ministra, na cidade de Itambé, uma oficina, gratuita, para adolescentes e jovens que sonham em investir na carreira de modelo. Ao final da formação, a equipe vai promover um desfile, com acesso do público geral. No encontro, os participantes vão aprender dicas sobre estilos de roupas, cabelos e calçados, como tendência que podem embelezar ainda mais a sua imagem e favorecer a autoestima, de modo a contribuir para inserção no universo das passarelas. As aulas acontecem entre os dias 24 e 25 de novembro, sempre a partir das 10h. A oficina acontecerá no auditório da biblioteca e as inscrições devem ser feitas na Secretaria de Cultura de Itambé. Os participantes receberão certificado.

COPA DO MUNDO 

Para aproveitar o clima festivo da estreia do Brasil no Jogo da Copa do Mundo, contra a Sérvia, na quinta-feira, dia 24, o Festival Canavial vai instalar, na Praça da Biblioteca, um dos principais cartões-postais, localizados no centro da cidade de Itambé, um telão, com capacidade de 20 metros², no qual o público vai poder acompanhar toda emoção da competição. Logo após o jogo haverá apresentação em clima de muito forró pé de serra, com Terezinha do Acordeon e Luzinete Show.

RODA DE CONVERSA

No sábado, 26 de novembro, o festival realiza, das 14h às 17h, uma roda de conversa destinada ao público feminino. O encontro, que tem como tema “A produção cultural e as mulheres negras”, terá a participação da cantora, Isaar – Cantora, Compositora e Percussionista (Recife/PE); Lazir Sinval – Cantora e Compositora (Rio de Janeiro/RJ); Erlânia Nascimento – Cineasta (Recife/PE); Lívea Ribeiro – Produtora Cultural (Rio de Janeiro/RJ); Jéssica Zarina – Estilista e Dançarina (Olinda/PE); Raquel Araújo – Dançarina (Recife/PE); Jaqueline Ribeiro – Brincante e Presidenta do Índio Orubá (Goiana/PE) e Isa Trigo – Professora, Atriz e Pesquisadora (Salvador/BA) a coordenação fica a cargo de  Carlita Roberta – Dançarina e Pesquisadora (Recife/PE). A roda de conversa acontecerá no Plenário da Câmara dos Vereadores.

FESTIVAL CANAVIAL ONLINE

A edição online do Festival Canavial será realizada no sábado, dia 03 de dezembro. Para este dia, está previsto um seminário com participação de debatedores internacionais. A mobilização visa promover um encontro da relação da cultura popular, presentes no Canavial, e o contexto no Japão, EUA e Moçambique. Participam da live a Saquia Rachide do Tufo da Mafalala(Moçambique), Ivan Laranjeiras, Diretor da Associação Iverca e do Museu Mafalala (Moçambique), o produtor cultural e curador do festival, Afonso Oliveira (Brasil), do músico e produtor cultural Pablo Oliveira (EUA) e do músico e divulgador Kepel Kimura (Japão). Para além da roda de bate-papo virtual, o público confere aos shows de Kloro (Maputo/Moçambique), Rhodália Silvestre, Tufo da Mafalala (Maputo/Moçambique), Pablo Oliveira (Washignton/EUA), Kepel Kimura e Pífano Tóquio (Tóquio/Japão). A transmissão será pelo canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCvENZ0s_NKWE0lhFzfnJsrg/videos

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade