Secretário de Agricultura de São Paulo confirma participação na Norcana 2015


Norcana2015O secretário estadual de Agricultura de São Paulo, Arnaldo Jardim, confirmou nesta terça-feira (4), em reunião com Alexandre Andrade Lima, presidente da Associação dos Fornecedores de Cana de PE (AFCP), que participará da 4º Feira de Negócios dos Produtores de Cana do NE (Norcana). O evento, que é uma das mais importantes do setor na Região, contando inclusive noutras edições com a participação do ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, será realizada em outubro na sede da entidade dos canavieiros na cidade do Recife. O gestor paulista, que foi o presidente da Frente Parlamentar do Setor Sucroenergético quando estava como deputado federal antes de assumir a Pasta da Agricultura, será o palestrante principal da Norcana.

“Além de destacado gestor da Agricultura de São Paulo, Jardim é um profundo conhecedor do setor sucroenergético e tem contribuído bastante para a superação da maior crise histórica do setor”, conta Lima, que agradece a sua vinda a PE. O dirigente lembra que atuais políticas federais em favor do etanol nasceram do protagonismo de Arnaldo Jardim, quando estava como deputado federal, no mandato anterior. Foi através de emenda parlamentar de Jardim que o aumento de etanol anidro na composição da gasolina foi pautado pelo Congresso Nacional e sancionado pela presidente Dilma Rousseff. O deputado foi também responsável pela defesa da volta do Cide da gasolina quando era presidente da Frente Parlamentar do Setor Sucroenergético.

Usinas reabertas

Andrade Lima aproveitará a visita de Arnaldo Jardim a Pernambuco para convidá-lo a conhecer uma das experiências pioneiras dos canavieiros da Mata Norte e Sul do Estado, que, por meio de cooperativas, tem reativados usinas no local. A iniciativa dos agricultores tem estimulado a política de desenvolvimento regional, pois criou 4 mil postos de trabalho no local e gerou R$ 7 milhões só de ICMS estadual com a produção de etanol através do funcionamento da usina Pumaty, em Joaquim Nabuco, na safra passada. Outros 4 mil empregos serão abertos este ano com a reativação nesta safra da usina Cruangi, em Timbaúba. “Estima-se um faturamento de R$ 100 milhões pelas duas usinas nesta safra, que, juntas, devem moer R$ 1 milhão de toneladas” prevê Lima.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade