Complexo industrial da Jeep ganha selo de carbono neutro

É o primeiro polo multiplantas da América Latina a ser certificado


O Polo Automotivo de Goiana acaba de ser confirmado como o primeiro complexo industrial multiplantas carbono neutro da América Latina. Para tanto, todas as 16 fábricas que compõem o parque de fornecedores da indústria também aderiram a iniciativas de compensação de emissões, por meio do programa Amigos do Clima. A fábrica da Jeep, propriamente dita, já detinha, desde 2017, o selo ouro do Programa GHG Protocol Brasil, que tem como objetivo estimular empresas a quantificar e gerenciar emissões de Gases de Efeito Estufa (GHG, na sigla em inglês).

“Trata-se de uma conquista muito importante, alcançada graças ao compromisso com o desenvolvimento sustentável que nós e nossos fornecedores compartilhamos”, afirma Antonio Filosa, Chief Operating Officer (COO) da Stellantis – grupo responsável pela operação de Goiana – para a América do Sul. “A Stellantis já nasceu com a visão de buscar a neutralidade de carbono. Desta forma, damos um passo muito importante com este marco inédito para toda a indústria sul-americana. E muitas outras iniciativas vêm por aí.”

Ele conta que a rede de concessionárias Jeep também se comprometeu com a causa da neutralidade, buscando iniciativas para a redução e compensação de emissões em todas as 200 lojas espalhadas pelo Brasil. “Em total sintonia com os valores da marca e inspirados pela conquista histórica do Polo Automotivo Jeep, apresentamos o programa à nossa associação e o interesse foi imediato. Agora, vamos trabalhar em conjunto com todos os concessionários para que sejamos a primeira Rede Jeep do mundo a alcançar a marca de Carbono Neutro”, afirma Everton Kurdejak, Diretor Comercial da Jeep para o Brasil.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade