Serta distribui 2,5 mil toneladas de sementes para agricultores de Glória do Goitá


DSC_73052,5 mil toneladas de sementes de milho foram distribuídas para 850 famílias de agricultores de Glória do Goitá/PE. As sementes foram adquiridas pelo Serta junto a Articulação com Semiárido Brasileiro em Pernambuco – ASA/PE, e doadas pela Companhia Nacional de Abastecimento – Conab e Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA. A entrega foi realizada em parceria com sindicatos, associações rurais e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural da cidade.

A agricultura Luzinete Anastácia mora na comunidade Canavieira há 25 anos. Produz milho, feijão, macaxeira, cebolinha, coentro, cebolinha e alface. Antigamente, sua produção era comercializada de porta em porta nas casas de família. Há dois anos passou a comercializar no mercado de Vitória de Santo Antão e, aos sábados, na feira livre de Glória do Goitá.

Com as sementes que ganhou, ela planeja expandir a produção para garantir novos lucros. “Vou plantar pra no mês de setembro/outubro ter um milho pra levar pra feira. Se não der pra vender tudo, a gente seca, bate, guarda semente e dá pras galinhas”.

DSC_7289Dona Luzinente é exemplo de agricultoras que se dedicam com exclusividade ao campo. Acorda religiosamente às cinco horas para cumprir o ofício de cuidar do roçado e da criação de carneiros e boi. “Faço o café e vou pro campo, quando chego já tá feito, aí tomo café e volto de novo. Vou cuidar no almoço, quando descansa um pouquinho, volto. Vai até cinco horas, porque é a hora que vou buscar as carneiras. Chego em casa, tomo café e vou dormir, pra noutro dia começar tudo de novo”.

Parte dos agricultores da comunidade possuem rotina similar a de Dona Luzinete. São assentados da reforma agrária. Elas e eles se reúnem, mensalmente, na associação Sítio Canavieira e Outros, fundada há quase oito anos. A organização agrega 86 famílias para debater os compromissos e as dificuldades do grupo.

Para Germano de Barros, presidente do Serta, a distribuição das sementes “indica a capacidade do Serta em articular parcerias para o fortalecimento da agricultura junto as famílias rurais, onde muitas vezes aparecem invisibilizadas e sem acesso as políticas públicas”. De acordo com Germano, a distribuição das sementes “fortalece a produção familiar, a inclusão produtiva e a segurança alimentar das famílias rurais do município”.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade