Professora da EREM Don Vieira cria rádio para transmitir conteúdos para a redação do ENEM

Por Giro Mata Norte 04/09/2020 06:52 • Atualizado 04/09/2020
Compartilhe

A Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Don Vieira, localizada em Nazaré da Mata, está usando da tecnologia, nesse momento de pandemia mundial, para levar através de uma rádio o conteúdo das aulas para os estudantes, principalmente da zona rural do município.

A inserção da tecnologia para complemento das aulas já vem sendo usada pela escola há algum tempo, através do projeto “Foco no 1000”,  onde são ministradas aulas complementares para que os discentes possam revisar em casa os assuntos abordados em sala e possam empregá-los na argumentação da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Como estamos vivendo um ano atípico, o Foco no 1000 cresceu e assim foi criada, em julho, a Rádio online “Erem Don Vieira”. 

Com objetivo de ampliar o repertório de informação e diversificar o ensino remoto, a rádio funciona através de aplicativo de streaming e após os debates que acontecem ao vivo os áudios são transformados em podcasts. Com isso, os estudantes podem revisar os dados divulgados e utilizar na redação, escutando várias vezes as informações. A cada 15 dias, seguindo o horário da escola, temos 2 aulas direcionadas à redação. A rádio foi pensada para facilitar a vida dos alunos que não tem celular ou  que tem, mas com memória insuficiente para baixar aplicativos. “Então, de vários que pesquisei baixei o aplicativo spreaker que proporciona de forma bem significativa não só a qualidade do áudio como também a interação dos alunos via chat. Com isso eu respondo a perguntas, tiro dúvidas, tudo ao vivo”, pontua a professora de português e redação e idealizadora do projeto, Vanilma Karla Barbosa

A rádio está com mais de 800 downloads por dia. Todas as dúvidas dos estudantes são tiradas ao vivo através do chat por professores convidados que participam do programa. “Com a rádio EREM Don Vieira não só os alunos da zona urbana puderam se beneficiar como também os da Zona rural. O melhor foi integrar as aulas de redação com outras disciplinas para que o alunos compreendessem que para um texto coeso é preciso uma união com outras áreas do conhecimento. A entrevista mais significativa aconteceu com a professora de biologia Enaj Karla, que trouxe conceitos valiosos sobre a importância da educação sexual. Além disso, pais, tios e até avós passaram a escutar os dados e entender que a escola pública é um auxílio concreto nesse momento de pandemia”, declara Vanilma.

Fonte:Secretaria de Educação e Esportes

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais do Giro Mata Norte