Prefeito e vice do município de Joaquim Nabuco perdem o mandato


Na manhã desta sexta-feira (7) o prefeito e o vice-prefeito do município de Joaquim Nabuco, Neto Barreto (PTB) e Eraldo Veloso (MDB), respectivamente, foram cassados e ficarão inelegíveis por período de 8 anos, além de terem sido multados no valor de R$ 20 mil para cada um.

Os políticos haviam recorrido ao Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) para tentar reverter a decisão, mas o desembargador Rodrigo Beltrão, relator do processo, votou por manter a sentença e determinar o afastamento imediato.
Por 7X0, em decisão unânime, o TRE-PE afastou o prefeito e o vice.

No parecer apresentado ao Tribunal, o Ministério Público Eleitoral defendeu a manutenção da cassação dos diplomas eleitorais da chapa, confirmação da perda dos cargos e realização de nova eleição direta no município.

A decisão foi tomada porque o então vice-prefeito eleito foi flagrado jogando dinheiro para os eleitores logo após a confirmação do resultado das Eleições 2020, conforme o MP.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade