PIB de Pernambuco cresce 1,9% no segundo trimestre deste ano

Agropecuária teve alta de 16,8%, com recuperação após período de seca, Jogos da Copa no Recife influenciaram atividades do setor de serviços.


economia-e-sustentabilidade1O Produto Interno Bruto (PIB) de Pernambuco cresceu 1,9% no segundo trimestre deste ano, segundo a Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas (Condepe/Fidem). O desempenho foi puxado, principalmente, pelos setores da agropecuária, indústria e de serviços, que tiveram alta de 16,8%, 1,2% e 1,6%, respectivamente. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (15).

Conforme boletim da Condepe/Fidem, o resultado na agropecuária foi puxado pelo crescimento de 26,6% nas lavouras temporárias e de 5,2% nas lavouras permanentes. “Vemos a recuperação do setor depois dos efeitos do período da seca, com destaque para as culturas de milho, feijão e mandioca nas lavouras temporárias e de banana, manga, maracujá e uva nas permanentes”, disse o diretor-presidente da agência, Maurílio Lima.

“Também notamos uma recuperação, embora mais lenta, na pecuária, que sofre com a estiagem nos últimos meses”, destacou Lima. O setor teve alta de 5,9%. Ainda conforme o boletim, a indústria pernambucana registrou crescimento de 1,2%. A atividade de serviços industriais de utilidade pública foi o destaque, com alta de 6,7%.

Já o setor de serviços apresentou aumento de 3,3%. As atividades que contribuíram para o resultado foram alojamento e alimentação (4%), transporte (7,6%), aluguéis e intermediação financeira (1,6%) e comércio (2%). “Observamos aqui a influência da Copa. Cidades que receberam os jogos, como Recife, tiveram estímulo no turismo e transporte, por exemplo”, afirmou o diretor-presidente da agência.

do G1 PE


Leia também»

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday