Líder do PCC em Surubim morre em confronto com a polícia

“Pinto” era um dos 29 alvos da Operação Exício, realizada hoje pela Polícia Civil de Pernambuco.


Josias Santos de Santana, 32 anos, conhecido como Pinto, morreu em confronto com a Polícia Civil da Bahia, na manhã de hoje (23), durante a realização da Operação Exício realizada pela Polícia Civil de Pernambuco, que contou com a participação da PC do estado vizinho.

Pinto era um dos 29 alvos da ação. Apontado como líder do tráfico de drogas em Surubim, e um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC), na região. O traficante recebeu os policias a tiros, onde houve o revide. Pinto foi alvejado e não resistiu aos ferimentos.

A ação ocorreu nas cidades de Surubim, Caruaru, Casinhas e Limoeiro, no Agreste pernambucano; Recife; Itaquitinga, na Zona da Mata, além dos estados da Bahia e São Paulo.

O objetivo da operação policial é prender integrantes de uma quadrilha suspeita de envolvimento na morte do comissário da Polícia Civil, José Rogério Duarte Batista, que ocorreu em 30 de maio em Surubim. De acordo com informações da Polícia Civil, a organização criminosa em Surubim, Casinhas e Macaparana e é suspeita de praticar homicídios qualificados, associação para o tráfico ilícito de entorpecentes, corrupção de menores e posse ou porte ilegal de armas de fogo de uso restrito.

140 policiais civis de Pernambuco, além de policiais da Bahia e São Paulo participaram da operação.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade