CPRH embarga obra irregular e preserva bosque de pau brasil em Glória do Goitá. MP entra com ação pública contra derrubada de árvores.


glo´ria_bosqueA CPRH – Agência Estadual de Meio ambiente de Pernambuco, embargou na tarde desta quinta-feira (07), o início das obras de construção da biblioteca do SESI em parceria com a prefeitura de Glória do Goitá na Praça Brasil 500 anos, localizada na Av. Rui Barbosa, Vila da Caixa.

De acordo com os técnicos da CPRH, o SESI e nem Prefeitura de Glória de Goitá, tem autorização legal da Agência Estadual de Meio Ambiente como laudo técnico e licenças ambientais e outros documentos necessários a regularidade da obra
Ainda de acordo com a CPRH, é necessário ter tais documentos de autorização e nem pedido de solicitação foi enviado a Agência.

Os técnicos notificaram o SESI e a empresa responsável pela construção da biblioteca, sob o número de ordem 479/2015. Segundo os técnicos do CPRH foram várias ligações feitas por moradores de Glória do Goitá denunciando e pedindo providências.

No local seria construída uma biblioteca do SESI e mais de 30 árvores de Pau-Brasil seriam destruídas ou arrancadas.

O movimento Glória Contra a Violência entrou com um pedido formal denunciando o caso ao Ministério Público de Glória do Goitá e o promotor de justiça Dr. Rodrigo Costa Chaves, titular do MP de Gravatá e respondendo por Glória, entra nesta sexta-feira (08) com uma ação pública com ao SESI e prefeitura de Glória do Goitá. Até o momento a Prefeitura nem o SESI se pronunciaram sobre o caso.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade