12 internos fogem e um morre carbonizado em rebelião na CASE de Timbaúba

O motim foi controlado, horas depois, por policiais militares.


Uma rebelião deixou o saldo de um morto e doze foragidos do Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE), em Timbaúba, na noite desta quinta-feira (20). O motim teve início, por volta das 21 h, sendo contido pela madrugada.

Os menores infratores atearam fogo em colchões e fugiram, pulando muros da unidade. A Polícia Militar foi acionada, realizando um cerco, evitado que mais fugas fossem registradas.

Após horas de rebelião os servidores da CASE conseguiram negociar com os menores, e entraram dentro do pavilhão. Um corpo, carbonizado, foi encontrado. O cadáver foi identificado, como de um interno de 16 anos, o corpo recolhido para o IML, no Recife.

Até o momento nenhum foragido foi recuperado.

Nota – Funase – 21.10.2022

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) informa que, na noite da última quinta-feira (20.10), registrou a fuga de 12 socioeducandos e o óbito de um adolescente durante um motim no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba.

A vítima foi um adolescente de 16 anos. As causas da morte estão sendo investigadas. A Fundação lamenta o ocorrido, já entrou em contato com a família e está prestando toda assistência. A polícia técnica foi acionada e o corpo será encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML).

Fuga – Para dificultar o trabalho dos agentes socioeducativos, os adolescentes atearam fogo em colchões colocados no portão de uma das Alas da unidade. A Polícia Militar foi acionada imediatamente e segue na busca dos adolescentes que fugiram.

A direção da Funase, as coordenadorias de Segurança e de Inteligência e a Corregedoria da instituição estão na unidade acompanhando a ocorrência e a apuração dos fatos.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade