Live cultural do projeto Noite dos Mestres do Apito exibe shows de Anderson Miguel e Zé Joaquim

A transmissão dos shows, dos dois dos preferidos poetas entre os apreciadores de maracatu, será realizado neste sábado, 30 de janeiro, pela internet, a partir das 19h


A valorização à cultura pernambucana continua em destaque na segunda edição do projeto Noite dos Mestres do Apito. Desta vez o destaque é para o encontro de dois importantes poetas e mestres de maracatus da região: Anderson Miguel e Zé Joaquim. A participação das duas gerações de artistas, frutos da arte, memória e tradição da Mata Norte, acontece dentro da penúltima programação do projeto. Por conta da pandemia da covid-19, os shows dos artistas serão transmitidos pelo Facebook, Youtube, e no blog Giro Mata Norte, dia 30, a partir das 19h. 

O show de abertura será comandado pelo mestre Anderson Miguel, do Maracatu Rural Águia Misteriosa de Nazaré da Mata, que traz ao palco virtual, uma noite de canto e poesias, com versos de improviso.  Logo em seguida, será a vez do mestre Zé Joaquim 68, do Maracatu Pavão Dourado, de Tracunhaém,   com seu apito, chapéu, camisa estampa e uma bengala na mão, soltar sua voz e emocionar a todos. 

A transmissão dos shows, de dois dos preferidos poetas entre os apreciadores de maracatu, deve durar cerca de duas horas. O clima de riso, alegria e diversão ficará por conta do animador de festas e apresentador cultural, Valmir Severino João, que faz o papel da Catita Daiana. 

A coordenação e produção cultural da Noite dos Mestres do Apito é assinada por Cilda Trindade. O projeto conta com o incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), e apoio do Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Cultura e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – Fundarpe.  A iniciativa conta, ainda, com a parceria da Prefeitura de Nazaré da Mata, Sociedade Musical Euterpina Juvenil Nazarena (Capa Bode) e portal de notícias, Giro Mata Norte.  

Iniciado em novembro de 2020, o  projeto Noite dos Mestres do Apito, que já promoveu três lives culturais, se despede do público em fevereiro. Na ocasião,  o anfitrião da noite será o Maracatu Estrela Brilhante de Nazaré da Mata. 

Currículo cultural dos artistas 

Zé Joaquim, de 68 anos, entrou para vida da cultura popular em meados de 1982, como admirador dos eventos culturais na cidade de Nazaré da Mata e região. Já em 1987, cinco anos depois, ocupou a diretoria do Maracatu Leão Formoso, também na mesma cidade. Função que ocupou até o ano de 2003. Logo depois, viu, dentro da brincadeira, a oportunidade de ser contra mestre de maracatu. Papel que ele desempenhou ao lado de um outro importante artista da cultura popular: o Mestre de maracatu João Paulo, considerado um dos ícones da geração de cantores de versos e poesias de improviso, e do primo, Barachinha. 

Em 2006, deixou de lado o ofício de contra mestre  e fez estreia como grande voz oficial do Maracatu Pavão Dourado de Tracunhaém. Nestes 15 anos dedicado à arte de cantar e encantar seus versos, Mestre Zé Joaquim participou de sambadas, encontros de mestres, rodas de mestres, ensaios, gravação de CD’s. Destaque para sua participação no elenco do  Filme Azougue Nazaré, um longa-metragem, dirigido por Tiago Melo, que retrata, na película do cinema pernambucano, uma atmosfera de mistério em torno do maracatu rural.

Além disso, ele também teve outras importantes conquistas. Entre elas, ser campeão na 1ª categoria no concurso de agremiações da prefeitura do Recife, no Carnaval 2009. No mesmo concurso, realizado nos anos de 2014, 2015 e 2019, consolidou participação no Grupo Especial. 

Anderson Miguel – A carreira dele dentro do maracatu rural teve início em meados de 2007. Na época, começou no Maracatu Cambinda Brasileira, como caboreteiro, função atribuída às pessoas que carregam o lampião. Já no ano seguinte, assumiu a responsabilidade de ser contra mestre de maracatu, fazendo a segunda voz do mestre Antonio Paulo Sobrinho. Experiência que durou longos cinco meses. Ainda no mesmo ano, foi convidado para estrear como mestre do Maracatu Sonho de Criança, mantido pela Prefeitura de Nazaré da Mata, por meio da Secretaria de Cultura, Turismo e Educação. Ao todo, foram doze meses à frente da brincadeira.  

Dois anos depois, recebeu convite para atuar profissionalmente na vaga de mestre do Maracatu Águia Misteriosa. Por três anos, dedicou-se ao comando de toda a nação maracatuzeira, com sua arte e talento. 

Em 2011, no auge dos seus 15 anos, deu um grande passo na carreira artística: passou a fazer apresentações em ensaios, sambadas, apresentações e cortejos nos carnavais em várias cidades do estado. À época, também disputou um Sambada, evento de duelo de rimas, poesias e versos de improviso,  ao lado do Mestre Sibia, do Maracatu Águia Dourada.

Em 2014, recebeu uma proposta irrecusável para ser mestre oficial do Maracatu Cambinda Brasileira, agremiação carnavalesca Patrimônio Vivo de Pernambuco, com mais de cem anos de atuação. Já são cerca de sete anos de casa, levando seu talento para o mundo, por meio das palavras, poesia e sua voz forte. 

Atualmente, além artista do maracatu, ele é também cirandeiro e músico de forronejo.

Serviço

O quê: Live cultural do projeto Noite dos Mestres do Apito apresentará shows de Anderson Miguel e Zé Joaquim  

Quando: Sábado, dia 30 de janeiro

Onde: Facebook, Youtube, e no blog Giro Mata Norte,

Horário: 19h

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade